A Pescanova amplia a sua gama Seafood Tapas com três novas propostas de lagostins Ready to Cook
18 Março, 2019
Grupo Nueva Pescanova, melhor Estratégia Global de Comunicação nos Prémios Dircom
4 Abril, 2019

O Grupo Nueva Pescanova fechou o ano de 2018 com um resultado líquido de 5,4 milhões de euros

  • A empresa comercializou 177.000 toneladas de produtos do mar, o que representa um aumento de 5% em relação ao exercício anterior. A faturação foi de 1.008 milhões de euros, tendo aumentado em 1% o volume de vendas de produtos do mar.
  • O ebitda alcançou os 75 milhões de euros.
  • O Grupo aumentou até 45% a sua participação na empresa indiana Abad Overseas, reforçando a sua posição como referência mundial de exportador de camarão-cinza. Além disso, criou a empresa Katei Alimentación com a Kabuki, através da qual entraram em funcionamento três instalações de elaboração de comida japonesa para retail e food service; e adquiriu a sociedade Unickfish na África do sul, especializada em comercialização de produtos do mar.
  • Vigo, 27 de março de 2019.- O Grupo Nueva Pescanova encerrou o exercício de 2018 pelo segundo ano consecutivo com lucros, tendo alcançado um resultado líquido de 5,4 milhões de euros, o que representa mais 5,1 milhões de euros do que no ano anterior e mais 41 milhões em relação ao mesmo dado no que se refere a 2016.

    Resultado líquido em milhões de €:

    Ao longo de 2018, foram efetuadas diversas operações de desinvestimento em ativos non core para o Grupo contempladas no Plano Estratégico: fabrico de farinhas, rações e serviços marítimos na África. Com elas, foi concluído o processo de desinvestimentos traçado no Plano Estratégico 2016-2020.

    A empresa aumentou em 5% as toneladas de produtos do mar comercializadas, tendo alcançado 177.000 toneladas. A faturação do Grupo em 2018 foi de 1.008 milhões de euros, o que representa um aumento de 1% em relação ao volume de vendas de produtos do mar comparáveis de 2017.

    O ebitda alcançou os 75 milhões de euros, favorecido pelos bons resultados nas divisões de pesca, comercial e aquicultura de rodovalho, e com impacto negativo do negócio de camarão, principalmente na operação da Nicarágua.

    INVESTIMENTOS

    O valor dos investimentos em 2018 foi de 41 milhões de euros. De entre eles destacam-se:

    Por outro lado, em 2018 foi iniciada a construção dos novos barcos que renovarão parte da frota do Grupo: três para a pesca de pescada na Namíbia e quatro para lagostim em Moçambique. O equipamento destes barcos, que incorporarão motores de alta eficiência energética, melhorará o sistema de processamento a bordo e oferecerá mais conforto, aumentando a qualidade das condições de trabalho e vida das tripulações.

    Também iniciou a construção do Pescanova Biomarine Center em O Grove (Pontevedra), o maior Centro de I+D+i de Aquicultura da Europa, que iniciará a sua atividade no quarto trimestre de 2019 e cujo principal objetivo é o desenvolvimento e melhoramento das espécies de aquicultura no âmbito da nutrição, manuseamento, saúde e genética, assim como a investigação e o desenvolvimento no cultivo de novas espécies, como o polvo.

    Outro investimento estratégico de 2018 foi a implementação na Espanha de um novo sistema de informação e gestão empresarial com a ferramenta SAP.

    Marca Pescanova

    Em 2018 a Pescanova posicionou-se como a quinta marca de grande consumo com mais penetração nas casas espanholas e como a quarta marca de alimentação mais escolhida. De igual modo, a Pescanova é a quarta marca do Top50 que mais cresceu no número de vezes que é comprada ao longo do ano (+11,7%).

    Em consonância com a constante aposta na inovação e na qualidade, o Grupo apresentou no exercício anterior o regresso do seu ícone Rodolfo Lagostim, por intermédio de uma nova gama de lagostins congelados e refrigerados. Com o selo de qualidade “Rodolfos”, e sob o lema “Porque nem todos os lagostins podem ser Rodolfo”, a Pescanova apresenta um produto de qualidade superior, em que se melhorou o processo de elaboração, pioneiro e único no mundo, onde os lagostins são selecionados um a um, embalados e cozidos preservando a sua integridade total, pelo que a sua aparência, sabor e textura são insuperáveis, sendo os seus longos e intactos bigodes a sua garantia de qualidade.

    Contacto

    Tesa Díaz-Faes Santiago
    Directora de Comunicación Grupo Nueva Pescanova
    Tel. +34 610 53 36 50
    Beatriz Zabala
    Ketchum
    Tel. +34 912 04 42 10 / +34 917 02 73 00