A Nueva Pescanova consolida-se como a primeira empresa pesqueira pela sua contribuição para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas
24 Outubro, 2019

A Nueva Pescanova recebeu o Prémio DIVEM Grande Empresa com o Melhor Impacto Social pelo seu documentário “A Cidade que Nasceu do Mar”

  • O Grupo Nueva Pescanova foi reconhecido na categoria de Grande Empresa com o Melhor Impacto Social por este projeto audiovisual sobre a sua atividade em Lüderitz, Namíbia
  • Os Prémios DIVEM: Empresa Socialmente Responsável são impulsionados pela Accem com o financiamento do Ministério do Trabalho, Migrações e Segurança Social e do Fundo Social Europeu
  • A iniciativa enquadra-se na política de RSC do Grupo, graças à qual desenvolveu um total de 226 projetos e se consolidou como a primeira empresa pesqueira pela sua contribuição para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas

Vigo, 29 de novembro de 2019.- O Grupo Nueva Pescanova recebeu o Prémio DIVEM na categoria de Grande Empresa com o Melhor Impacto Social por “A Cidade que Nasceu do Mar”, um projeto audiovisual sobre o impacto da atividade desta multinacional em Lüderitz, Namíbia. Através deste, a Nueva Pescanova conta a história de superação e sonhos realizados que tem lugar na pequena povoação costeira de Lüderitz, que renasceu graças ao impulsionamento da multinacional espanhola, através das suas filiais Novanam e Lalandii.

Trata-se da primeira edição dos Prémios DIVEM: Empresa Socialmente Responsável, cuja cerimónia de entrega teve lugar no passado dia 28 de novembro. Estes galardões fazem parte de um projeto desenvolvido pela Accem com o financiamento do Ministério do Trabalho, Migrações e Segurança Social e do Fundo Social Europeu. O seu objetivo consiste em reconhecer as empresas comprometidas com a diversidade, a igualdade de oportunidades e não discriminação no ambiente empresarial.

“Estamos orgulhosos pela receção deste prémio que reflete o firme compromisso do Grupo Nueva Pescanova com a sustentabilidade dos recursos naturais e das comunidades em que operamos” – afirma Tesa Díaz-Faes, diretora de Comunicação do Grupo Nueva Pescanova. “O respeito pelo Planeta e pelas Comunidades em que estamos presentes, as pessoas que formam o Grupo Nueva Pescanova e o compromisso para com os mercados através dos nossos produtos, são os pilares que compõem a nossa estratégia de Responsabilidade Social Corporativa” – acrescenta.

A partir da DIVEM explicam que a multinacional foi premiada “por favorecer a criação de riqueza e emprego nos países em vias de desenvolvimento onde opera e que incide diretamente nos processos migratórios. E por mostrar este tipo de iniciativas aos restantes cidadãos, a partir de um enfoque de empoderamento destas comunidades”.

Juntamente com a Nueva Pescanova, foram reconhecidas a Coca-Cola European Partners Iberia, a Endesa, Huete & Co, Tiebel, Alimerka e a Associação Provincial de Empresas Instaladoras de Sevilha (EPYME).

Sobre “A Cidade que Nasceu do Mar”

“A Cidade que Nasceu do Mar” é um projeto audiovisual composto por um documentário com uma duração de 30 minutos e 7 spots audiovisuais de 1 minuto, que narra o progresso de Lüderitz. A protagonista é Nelago Kwedhi, a primeira mulher da Namíbia a conseguir o título de capitã de navio. O documentário mostra o caminho que segue, desde as suas origens no norte do país, em Ondanwga, até Lüderitz, guiada pela chamada do mar à procura de um futuro melhor. É uma história de superação, de sonhos realizados, de respeito pela natureza e por valores com os quais a Nueva Pescanova se identifica como empresa.

Lüderitz, uma pequena localidade da Namíbia abandonada entre o deserto e o mar, renasceu graças ao impulsionamento da indústria pesqueira após a chegada do Grupo Nueva Pescanova há quase 30 anos. Desde então, a empresa potenciou o seu crescimento através do desenvolvimento de infraestruturas e serviços para dar cobertura a toda a comunidade, convertendo-a numa sociedade pioneira em igualdade e sustentabilidade. Este facto, juntamente com o desenvolvimento do setor pesqueiro, converteu Lüderitz num lugar de oportunidades, onde em primeiro lugar estão as pessoas e o progresso das suas comunidades. Reativou-se a vida desta localidade, que agora oferece trabalho, educação e possibilidades a quem decide crescer nela.

Mais de 2.000 pessoas trabalham atualmente para a Nueva Pescanova na Namíbia, que oferece bolsas de estudo aos filhos dos seus empregados e construiu habitações, creches e parques infantis. Em Lüderitz, além de nos barcos pesqueiros, cerca de 1.500 pessoas trabalham na fábrica do Grupo Nueva Pescanova, que se converteu no maior centro de processamento de pescada da África. A iniciativa enquadra-se na política de Responsabilidade Social Corporativa do Grupo, graças à qual desenvolveu um total de 226 projetos e consolidou-se como a primeira empresa pesqueira pela sua contribuição para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, de acordo com o Seafood Stewardship Index (SSI) elaborado pela Aliança Mundial de Referências Comparativas.

Para ver o documentário e conhecer melhor o projeto, visite www.laciudadquenaciodelmar.com

Sobre o Grupo Nueva Pescanova

O Grupo Nueva Pescanova é uma multinacional espanhola líder do setor, especializada na captura, cultivo, elaboração e comercialização de produtos do mar, tanto frescos, refrigerados como congelados.

Fundada em 1960, emprega mais de 10.000 pessoas e está presente em mais de 20 países dos quatro continentes. O Grupo Nueva Pescanova vende os seus produtos em mais de 80 países de todo o mundo.

Contacto

Tesa Díaz-Faes Santiago
Directora de Comunicación Grupo Nueva Pescanova
Tel. +34 610 53 36 50
Beatriz Zabala
Ketchum
Tel. +34 912 04 42 10 / +34 917 02 73 00