“Menos mexerico, mais polvo”, melhor campanha 2.0 Premium nos Luxury Advertising Awards
16 Novembro, 2017
Nueva Pescanova aposta na DOP Galiza na sua nova gama de mexilhões já cozidos
1 Dezembro, 2017

O Grupo Nueva Pescanova renova a sua frota com sete navios, a construir entre 2018 e 2020 na Galiza

  • Com um investimento total de 42,5 milhões de euros, os navios serão construídos em Vigo e em Burela (Lugo) pelo Estaleiro Armon.
  • A construção dos sete novos navios irá gerar 200 empregos na Galiza

Vigo, 23 de novembro de 2017.- Em 2018, o Grupo Nueva Pescanova começará a construção na Galiza de sete novos navios: três arrastões de peixe fresco para a Namíbia, com 50 metros de comprimento, e quatro navios congeladores para Moçambique, com 32 metros de comprimento. Esta é um dos principais investimentos previstos em ativos pelo Grupo no âmbito do seu Plano Estratégico até 2020: a renovação da frota pesqueira neste período conta com um investimento total de 42,5 milhões de euros.

A construção dos novos navios da Nueva Pescanova será encomendada ao Estaleiro Armón. O contrato será assinado nas próximas semanas, quando o financiamento estiver confirmado. A sua execução irá gerar 200 empregos na Galiza entre 2018 e 2020.

Os três navios de pesca fresca que irão operar para as filiais NovaNam e Lalandi da Namíbia serão construídos nas instalações da Armon na Ria de Vigo, e estarão especialmente adaptados às necessidades da fábrica que a Nueva Pescanova tem na cidade de Lüderitz para o processamento de pescada.

Pelo seu lado, os quatro navios congeladores para a filial Pescamar de Moçambique estarão destinados à pesca do camarão grande. Estarão dotados com a tecnologia de congelação a bordo, na qual o Grupo Nueva Pescanova é pioneiro mundialmente, permitindo à tripulação ultracongelar e empacotar o produto, garantindo a sua rastreabilidade, qualidade e frescura em todo o processo. Um deles será construído em Vigo e os outros três nas instalações que o estaleiro possui em Burela (Lugo).

A construção dos navios começará em princípios de 2018 e é previsto que as últimas unidades sejam entregues em 2020. Integrarão motores de alta eficiência energética, o seu equipamento melhorará o sistema de processamento a bordo e a sua habilitação oferecerá maior conforto, aumentando a qualidade das condições de trabalho e de vida das tripulações.

“Com este acordo, continuamos a avançar e cumprir os objetivos assinalados no Plano Estratégico 2020 do Grupo Nueva Pescanova. Continuamos a apostar na nossa vocação pesqueira, integrando na nossa cadeia de valor todo o processo, da captura até levar à mesa a frescura dos melhores produtos do mar”, afirma Ignacio González, Conselheiro Delegado do Grupo Nueva Pescanova. “A construção dos navios na Galiza orgulha-nos, estamos a fazer uma aposta na terra que viu nascer a Pescanova há quase 60 anos”, acresce.

Sobre os Estaleiros Armon

Armon é um dos estaleiros líderes mundiais do setor. Constituído em 1963, conta com instalações nas Astúrias e na Galiza, e a sua capacidade de produção ultrapassa os 40 navios entregues anualmente. Com capacidade para fabricar navios até 180 metros de comprimento, construiu mais de 800 navios, adaptados ao estrito comprimento das bases dos projetos de acordo com as necessidades de cada armador e fornecendo as últimas soluções tecnológicas do mercado.

Armon está especializado na construção de todo o tipo de embarcações: barcos de pesca tanto de fresco como congeladores, rebocadores, navios oceanográficos e de investigação, navios de carga, embarcações rápidas para salvamento ou iates de luxo e de passagem, etc.

Contacto

Tesa Díaz-Faes Santiago
Directora de Comunicación Grupo Nueva Pescanova
Tel. +34 610 53 36 50
Beatriz Zabala
Ketchum
Tel. +34 912 04 42 10 / +34 917 02 73 00