O Grupo Nueva Pescanova estreia Código Ético e de Conduta
20 Dezembro, 2016
O Grupo Nueva Pescanova apresenta um Plano para salvar Mira, a exploração aquícola de pregado de Portugal
31 Janeiro, 2017

A Ministra das Pescas de Angola visita diversas instalações da Nueva Pescanova ma Galiza

Vigo, 23 de janeiro de 2017.- A Ministra das Pescas do Governo da República de Angola, Exma. Sra. Vitória de Barros Neto, acompanhada pela Diretora do Gabinete de Estudos, Planificação e Estatística (GEPE), Exma. Sra. Isabel Francisco Cristóvão, estão a realizar uma viagem oficial para visitar diferentes centros produtivos do Grupo Nueva Pescanova sitos na província de Pontevedra. O objetivo da visita é estreitar relações com a multinacional espanhola, aprofundar nos sólidos laços comerciais e explorar, no local, as possibilidades que as capacidades produtivas e tecnológicas da companhia galega podem oferecer ao futuro desenvolvimento da indústria pesqueira neste país africano.

Concretamente, os centros produtivos objeto da presente visita são a fábrica de surimi e a plataforma logística, ambos em Chapela, o centro industrial localizado no Porrinho, bem como as instalações produtivas e de criação de alevins de pregado que a Insuiña gere em Mougás.

Na viagem das máximas autoridades pesqueiras angolanas, que foram recebidas pelo Conselheiro Delegado do Grupo Nueva Pescanova, Ignacio González, e pelo Diretor Corporativo de Pesca da companhia, David Troncoso, a Exma. Sra. Ministra está a conhecer de primeira mão os procedimentos e capacidades do Grupo Nueva Pescanova, ao mesmo tempo que representa uma excelente oportunidade para partilhar pontos de vista com relação ao futuro da pesca em Angola.

Presença em Angola

A Nueva Pescanova trabalha desde 2005 em Angola com base no porto de Lobito, segundo do país depois do localizado na capital, Luanda. A companhia e o Governo angolano mantêm estreitas relações comerciais através da empresa estatal Edipesca, que participa nas operações locais que a Nueva Pescanova desenvolve no país, graças ao convite realizado oportunamente pelo Governo de Angola para se estabelecer nesse país africano.

Atualmente, o Grupo Nueva Pescanova emprega em Angola umas 100 pessoas e opera com 3 navios congeladores que se dedicam a pescar em grandes profundidades, onde se encontra a tão prezado Camarão-vermelho, um dos produtos Premium do Grupo Pescanova.

Contacto

Tesa Díaz-Faes Santiago
Directora de Comunicación Grupo Nueva Pescanova
Tel. +34 610 53 36 50
Beatriz Zabala
Ketchum
Tel. +34 912 04 42 10 / +34 917 02 73 00