Análise de materialidade

No Grupo Nueva Pescanova trabalhámos na compilação de todos os projetos e das ações efetuadas pela nossa empresa em quatro países piloto: Equador, Guatemala, Nicarágua e Namíbia.

Ao todo, identificámos e classificámos 226 projetos focados de Responsabilidade Social Corporativa (RSC). A análise de materialidade identifica dois aspetos materiais muito relevantes e determinantes para nós: a segurança alimentar dos nossos produtos e a segurança e saúde laboral dos nossos empregados. A estes dois fatores adicionam-se aspetos focados na redução do consumo, na responsabilidade laboral, no respeito pelo meio ambiente, na governação e na qualidade dos nossos produtos.

Dada a sua alta relevância, estes sete aspetos partilham a mesma necessidade urgente de implementação em forma de planos, projetos e ações no terreno. Os 4 princípios-guia da nossa RSC (Planeta, Pessoas, Produto e Comunidades) aplicam-se diretamente nos projetos que desenvolvemos nos quatro países analisados com uma média de 18, 22, 6 e 11 iniciativas, respetivamente, o que demonstra a transversalidade da RSC a nível global.

O exercício de análise e os resultados obtidos foram positivos, tendo em conta que se trata do primeiro exercício que efetuamos com estas características. A partir daqui, o nosso objetivo consiste em efetuar esta análise periodicamente, para garantirmos que a nossa estratégia está sempre alinhada com as expectativas dos nossos grupos de interesse.

A matriz de materialidade permite que valorizemos a relevância dos diferentes projetos a partir do estabelecimento de prioridades feito por parte dos grupos de interesse, tanto internos como externos. A partir do seu estabelecimento de prioridades e ponderação, a matriz de materialidade permite que se identifiquem de forma simples e visual os aspetos mais relevantes para o nosso Plano Diretor de RSC.

A matriz de materialidade resultante do estudo é a seguinte: (Descarregue AQUI o Relatório de Análise de Materialidade).