A Ministra das Pescas de Angola visita diversas instalações da Nueva Pescanova ma Galiza
23 Janeiro, 2017
A Pescanova apresenta a sua nova imagem
9 Fevereiro, 2017

O Grupo Nueva Pescanova apresenta um Plano para salvar Mira, a exploração aquícola de pregado de Portugal

A Acuinova, empresa do Grupo Nueva Pescanova e cuja atividade é a gestão da maior exploração de cultura de pregado da Europa, sita na localidade portuguesa de Mira.

Vigo, 31 de janeiro de 2017.- A Acuinova, empresa do Grupo Nueva Pescanova e cuja atividade é a gestão da maior exploração de cultura de pregado da Europa, sita na localidade portuguesa de Mira, apresentou um pedido de Processo Especial de Revitalização (PER) perante as autoridades judiciais portuguesas, com a finalidade de chegar a um acordo de refinanciamento com os seus credores (principalmente, os bancos portugueses BPI, Millennium BCP, Caixa Geral de Depósitos e NovoBanco, que financiaram o projeto em regime de “Project Finance” sem recurso à matriz), para reduzir a carga financeira e reconduzir o projeto. A Nueva Pescanova contribuiria para este esforço com o perdão da sua dívida e a perda do capital fundacional da Acuinova-Mira.

A aprovação do PER permitirá a viabilidade e continuidade da atividade Acuinova-Mira, que precisa de uma redução da sua dívida acumulada, dado que esta não pode ser assumida para vencer as dificuldades económicas surgidas, em grande medida, pelos problemas técnicos verificados há sete anos nos emissários de captação das instalações de Mira, causados por defeitos de construção e que estão a ser discutidos judicialmente.

Apesar desta situação, e a funcionar a 30% da sua capacidade, a empresa gerou em 2016 um EBITDA positivo e cumpre com o pagamento de salários e impostos, o que torna possível a recuperação através deste acordo de reestruturação da dívida.

Durante este Processo Especial de Revitalização (PER), que se considera que durará em torno de 4 meses, a empresa irá manter o seu funcionamento habitual, sob a supervisão de um administrador judicial. Também não se prevê praticar qualquer extinção dos contratos dos trabalhadores nem o Plano de Viabilidade inclui uma medida desse tipo. A Nueva Pescanova quer deixar constância do seu agradecimento pela predisposição ao diálogo das diferentes partes envolvidas.

A Acuinova-Mira dá emprego a 127 pessoas e produz por ano entre 1.900 e 2.300 toneladas de pregado de primeira qualidade, o que representa entre 20% e 25% da produção aquícola portuguesa e coloca a empresa como um dos líderes do setor.

Contacto

Tesa Díaz-Faes Santiago
Directora de Comunicación Grupo Nueva Pescanova
Tel. +34 986 818 100
Paloma Fernández
LLYC
Tel. +34 91 563 77 22 (ext. 2111)